quarta-feira, 6 de janeiro de 2010

Shakespeare and Company

Resolvi começar o ano contando que tive a alegria de conhecer a livraria mais charmosa do mundo. Num cantinho de Paris, a alguns passos do Sena, lá está a Shakespeare and Company. Fundada em 1951 por um jovem americano que chegara à capital francesa durante a Segunda Guerra, a livraria oferece apenas títulos em inglês. Dos clássicos aos modernos, ali estão reunidos os melhores livros da língua inglesa.

Pequena e acolhedora, a livraria é muito movimentada. Difícil andar sem se esbarrar nos estreitos corredores ou disputar um espaço em frente às prateleiras. No primeiro andar, Post its e pedaços de papel escrito à máquina registram impressões famosas ou anônimas de alguns dos livros expostos. São breves resenhas, tão despretensiosas quanto poderiam ser. Logo na frente da loja está a caixa, operada por moças e rapazes que também só falam em inglês com os fregueses.

Mas a verdadeira delícia está no segundo andar. Lá, com exceção de algumas revistas literárias, nada está à venda. O espaço funciona como uma biblioteca pública, sem nenhuma burocracia ou qualquer semelhança com as tradicionais. Basta pegar qualquer um dos livros da estante e sentar-se para curtir. Um velho piano e uma máquina de escrever também ficam por ali, entre os leitores, inteiramente disponíveis para quem quiser se aventurar nas teclas.

Situada no Quartier Latin, o bairro que durante muito tempo foi reduto dos intelectuais e centro da criatividade parisiense, a Shakespeare and Company tornou-se reduto de aspirantes a escritores, jovens curiosos ou simplesmente dos apaixonados pela literatura inglesa.


Imperdível.

4 comentários:

  1. Seu comentário deixou alguém muito saudoso de Paris e, especialmente, da Shakespeare and Company.
    Bjs cariocas

    ResponderExcluir
  2. Que delícia... deu vontade de estr lá... Claudia

    ResponderExcluir
  3. Nik, amei a Shakespeare and Company também. Eu, apaixonada pela língua inglesa, me senti como em um oásis. Difícil foi não comprar nada! hehehe.

    ResponderExcluir
  4. é mesmo incrível! dá vontade de parar a viagem no meio só para passar uma tarde inteira lá dentro, lendo...

    ainda farei isso!
    jbs

    ResponderExcluir